Trio suspeito de sequestro é preso ao tentar fugir com dinheiro de resgate - Polícia | Valter Vieira - Informação de qualidade
15 de outubro de 2018
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

POLÍCIA - 13/01/2018

Trio suspeito de sequestro é preso ao tentar fugir com dinheiro de resgate

Trio suspeito de sequestro é preso ao tentar fugir com dinheiro de resgate

Três suspeitos de envolvimento no sequestro de um fazendeiro de 59 anos, na cidade de Catu (distante a 90 km de Salvador), foram presos em flagrante por policiais civis, instantes antes de embarcarem para a cidade do Rio de Janeiro com parte do dinheiro do resgate. 

Eles foram capturados por policiais do  Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) na noite da última quarta-feira, 10, no Aeroporto Internacional de Salvador.

O trio foi apresentado à imprensa na manhã desta sexta, 12, no auditório da Polícia Civil, na Pituba, mas não quis falar com os jornalistas sobre o crime. “Não tenho nada a declarar. Só meu advogado vai me defender”, afirmou Marcos Paulo Santana Cardoso, 25. Ednaldo de Jesus Rosário, 29, e Gabriel do Nascimento Santana, 22, permaneceram calados. 

O fazendeiro foi sequestrado no sábado, 6, na fazenda de sua propriedade, em Catu, e levado para um cativeiro no bairro de Vitória, em Pojuca. Ele estava sozinho na propriedade e a família só soube do sequestro após um dos bandidos ligar para um parente dele.

“A vítima foi posta em liberdade na quarta-feira, após a família pagar uma quantia muito menor do que a exigida pelos bandidos. Inicialmente, eles exigiram R$ 1 milhão, mas concordaram em receber R$ 28 mil”, afirmou o delegado Paulo Roberto Guimarães, do Draco.

Investigação

Com os suspeitos, os policiais apreenderam R$ 9 mil dos R$ 28 mil pagos pelo resgate. O dinheiro será devolvido à família da vítima. “É bem provável que os R$ 19 mil estejam com o quarto suspeito de envolvimento no crime. Ele já foi identificado e vamos representar pela prisão dele. Há indícios de que ele seja o líder da quadrilha”, completou o delegado Guimarães.

De acordo com ele, os três presos participaram efetivamente do sequestro. Depois, Ednaldo ficou responsável pela logística do grupo e Marcos Paulo e Gabriel ficaram no cativeiro fazendo as negociações.

Todos os presos possuem passagens pela polícia. Gabriel já foi preso por tentativa de homicídio a um vereador, no interior do estado, e tráfico de drogas, Ednaldo por porte ilegal de arma de fogo e Marcos possui um mandado de prisão em aberto por roubo, no Rio de Janeiro. Inclusive, o trio pretendia fugir para esta cidade porque o pai de Marcos mora lá.

Tensão

O valor foi aceito após negociações com policiais do Draco e do Departamento de Polícia do Interior. Um familiar deixou os R$ 28 mil em um trecho da BA-099.

Logo depois, o fazendeiro foi libertado e os policiais iniciaram as incursões para capturar os bandidos. A vítima não sofreu agressões físicas. A TARDE

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%