Dois morrem e um é preso após PM 'estourar' fábrica de armas em São Gonçalo - Polícia | Valter Vieira - Informação de qualidade
22 de outubro de 2018
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

POLÍCIA - 01/10/2018

Dois morrem e um é preso após PM 'estourar' fábrica de armas em São Gonçalo

Dois morrem e um é preso após PM 'estourar' fábrica de armas em São Gonçalo Dois homens morreram e um terceiro acabou preso após a Polícia Militar achar uma fábrica de armas no município de São Gonçalo dos Campos, neste domingo (30). A informação foram repassadas pelo comandante da operação, major João Himério.
O oficial relatou que a ação foi desencadeada quando um mototaxista, Osmar da Conceição Pinheiro, de 28 anos, foi abordado no bairro da Matriz, em Feira de Santana, por agentes da Companhia Independente de Policiamento Tático (CIPT/Rondesp Leste). Nas buscas, os policiais militares acharam com ele uma submetralhadora. Ao ser perguntado onde teria achado o armamento, o rapaz contou onde funcionava a fábrica clandestina.
Logo depois da abordagem, disse ainda o major, as equipes da PM foram até São Gonçalo dos Campos, onde localizaram o imóvel apontado por Osmar. Durante a aproximação, os bandidos que estavam no local atiraram contra as guarnições. Houve revide e dois acabaram sendo baleados e socorridos, mas não resistiram.
Na casa foram encontrados diversos materiais para a fabricação das submetralhadoras, além de munições e ferramentas. A polícia descobriu que o mototaxista era contratado pelo dono da fábrica – um dos mortos na troca de tiros – para fazer a distribuição das armas. Todo o material e o suspeito foram apresentados na delegacia.
Os corpos de Anderson Lacerda Santos, 29 anos, que morava no bairro Liberdade e Tassio Soares, 32, foram encaminhados para o Departamento de Policia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Informações: Aratu On Line e Marcos Valentim e fotos do Boca de Zero Nove.

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%