Cristiane Brasil é gravada ameaçando servidores caso não fosse eleita - Política | Valter Vieira - Informação de qualidade
18 de agosto de 2018
MIN MAX
Envie fotos e vídeos
para nosso WhatsApp
75 99120-3503

Notícias

POLÍTICA - 05/02/2018

Cristiane Brasil é gravada ameaçando servidores caso não fosse eleita

Cristiane Brasil é gravada ameaçando servidores caso não fosse eleita

A deputada federal Cristiane Brasil (PTB-RJ) passou por novo constrangimento, nesse domingo (4/2), ao serem reveladas gravações de uma reunião entre a parlamentar e servidores públicos do Rio de Janeiro. Na conversa, ela os ameaça de demissão, caso não fosse eleita para a Câmara dos Deputados. Os áudios foram mostrados pelo Fantástico, da TV Globo, e devem minar ainda mais as pretensões da petebista, escolhida pelo presidente Michel Temer (MDB) para assumir o Ministério do Trabalho.

Segundo a reportagem, a reunião ocorreu dentro da Secretaria do Envelhecimento Saudável e Qualidade de Vida, em 2014, com cerca de 50 servidores. Na conversa, Cristiane – que é filha do ex-deputado federal Roberto Jefferson – ameaça funcionários com demissão, caso ela não se eleja deputada federal.

“Se eu perder a eleição, preciso de 70 mil votos, no dia seguinte eu perco a secretaria. No outro dia, vocês estarão na rua. Eu preciso de vocês que estão na ponta”, ameaçou Cristiane.

A deputada ainda foi mais longe. Ela queria que os servidores usassem sua proximidade com os idosos para convencê-los da necessidade de Cristiane ser eleita, para que eles não perdessem seus empregos.

“Se você não votar nela, eu perco o emprego”, ordenava a parlamentar para que os servidores falassem durante o atendimento. E completou: “Se amanhã vocês ficarem desempregados, como é que vai ficar a vida? Vai ficar um pouco mais difícil, né?”, chantageou.

Além de Cristiane Brasil, outro personagem dos noticiários estava presente na reunião: o deputado estadual Marcos Vinícius (PTB). Ele responde inquérito, com a deputada federal, por associação ao tráfico. Na denúncia, ambos teriam pago a traficantes, em 2010, para fazerem campanha dentro de favelas.

Marcos também pediu votos, tanto para ele quanto para Cristiane, durante o encontro. Os dois foram eleitos.

Ministério do Trabalho
No início do mês passado, a deputada federal Cristiane Brasil foi escolhida pelo PTB para assumir o cargo de ministra do Trabalho, mas um processo na Justiça do Trabalho e ações públicas impediram a parlamentar de assumir. Cristiane é acusada de não ter assinado a carteira de dois de seus funcionários motoristas.

No início da semana, Cristiane Brasil divulgou um vídeo que fez em um barco, acompanhada por quatro homens sem camisa, onde afirmava que “qualquer um pode pedir qualquer coisa na justiça”. O vídeo foi duramente criticado, inclusive pelo pai da deputada, Roberto Jefferson.

O Planalto tentou, por duas vezes, dar posse à deputada, mas, na última tentativa, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, suspendeu a nomeação temporariamente.

De acordo com o Fantástico, Cristiane Brasil disse não saber em quais circunstâncias o áudio foi gravado. Marcos Vinícius não quis se pronunciar sobre o assunto. METRÓPOLES

Enquete

Você concorda com a reforma da previdência?

*Enquete encerrada.
  • 3%
  • 24%
  • 74%